Zaqueu

Atualizado: Abr 24

Olá, tudo bem com você? Eu espero que sim! Eu estava novamente procurando uma atividade para as crianças e fui surpreendida de novo. Muito bem, hoje falaremos de Zaqueu.

Te convido a lermos Lucas 19:1-10:

"Jesus entrou em Jericó e atravessava a cidade. Havia ali um homem rico chamado Zaqueu, chefe dos cobradores de impostos. Tentava ver Jesus, mas era baixo demais e não conseguia olhar por cima da multidão. Por isso, correu adiante e subiu numa figueira-brava, no caminho por onde Jesus passaria. Quando Jesus chegou ali, olhou para cima e disse: “Zaqueu, desça depressa! Hoje devo hospedar-me em sua casa”. Sem demora, Zaqueu desceu e, com alegria, recebeu Jesus em sua casa. Ao ver isso, o povo começou a se queixar: “Ele foi se hospedar na casa de um pecador!”. Enquanto isso, Zaqueu se levantou e disse: “Senhor, darei metade das minhas riquezas aos pobres. E, se explorei alguém na cobrança de impostos, devolverei quatro vezes mais!”. Jesus respondeu: “Hoje chegou a salvação a esta casa, pois este homem também é filho de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar os perdidos”."

Sabe algo que me chama a atenção nesta passagem? É que as pessoas a volta murmuravam e viam Zaqueu como um pecador, entretanto Cristo vê o interior. Conseguem assimilar a diferença?

Se analisarnos Lucas 19:6 vemos que Zaqueu desceu e recebeu com júbilo, no versículo 8, Zaqueu fala que dará aos pobres metade dos seus bens e se em alguma coisa havia explorado alguém nos impostos, devolveria o quádruplo.

Após meditar nesse texto, me veio a memória a passagem do jovem rico, em Lucas 18:18-24, resumidamente a Palavra nos mostra que certa vez chegou a Jesus, um certo príncipe, perguntando a Jesus o que deveria fazer para herdar a Vida Eterna.

Jesus lhe disse os mandamentos e ele afirmou que tudo isso já fazia, então Jesus lhe disse para vender tudo que tinha e repartir aos pobres, entretanto o príncipe se entristeceu porque era muito rico. (Te convido a ler esta passagem em sua Bíblia)

O ponto em que quero chegar hoje, é o seguinte: Há duas questões nestes dois relatos: Religiosidade e arrependimento.

Apesar de pecador, no coração de Zaqueu houve arrependimento, o jovem rico (príncipe) apesar de cumprir os mandamentos, não estava disposto à abdicar de sua riqueza.

Ou seja irmãos:

"Se eu tivesse o dom de profecias, se entendesse todos os mistérios de Deus e tivesse todo o conhecimento, e se tivesse uma fé que me permitisse mover montanhas, mas não tivesse amor, eu nada seria." 1Coríntios 13:2

Fiquem com Deus, e muito obrigada por ficar até aqui, Deus te abençoe.

0 visualização